Beatriz Helena Nogueira Diógenes

Possui graduação em Curso de Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1978), Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2005) e Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará (2001), Doutorado em Arquitetura e Urbanismo na FAUUSP (2012). É Professora Adjunta do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Arte e da Arquitetura, projeto arquitetônico, urbanização contemporânea, metrópole, Fortaleza.

 

Clarissa Figueiredo Sampaio Freitas

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC 1999), mestrado em Planejamento Urbano e Regional na University of Illinois at Urbana Champaign (UIUC 2003) onde estudou a relação entre o planejamento urbano e as desigualdades sócio-espaciais. Possui doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília (UNB 2009) onde pesquisou a tensão entre o Direito à Cidade e a crescente incidência da Regulação Ambiental no território urbano brasileiro. Realizou pós-doutorado na Universidade de Illinois em Urbana Champaign (UIUC 2015/2016), com apoio do programa Pesquisa Pós-doutoral no Exterior (CAPES), aprofundando-se no debate sobre planejamento insurgente, tendo ainda lecionado uma disciplina sobre Assentamentos Informais. Atualmente é membro do corpo docente do Programa de Pos-graduação em Arquitetura, Urbanismo e Design da Universidade Federal do Ceará, revisora de periódicos científicos nacionais e internacionais. Desenvolve projetos de pesquisa sobre o potencial das regulações urbanas em materializar as reivindicações pelo direito à cidade, e sobre insurgências urbanas. Suas pesquisas utilizam-se de métodos qualitativos (analise documental, observação participante) e quantitativos (SIG e Modelagem da Informação), e buscam dialogar com as atividades de extensão universitária junto aos movimentos socais urbanos.

 

Claudia Teixeira Marinho (Colaboradora)

Possui graduação em Educação Artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (1989), mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004) e pós-doutorado na Faculdade de Arquitetura, Design e Urbanismo da Universidade de Buenos Aires (2009) . Atuou como professora do curso de Mestrado em Design na Universidade Anhembi Morumbi e atualmente é professora do curso de Design da Universidade Federal do Ceará. Desenvolve atualmente pesquisas relacionadas aos processos de representação do projeto em design e sobre sistemas ubíquos de sinalização do espaço urbano de Fortaleza, relacionado ao evento Copa 2014. Tem experiência nas áreas de arte, comunicação visual e artes plásticas, atuando principalmente nos seguintes temas: design, artes gráficas, comunicação e mídias interativas.

 

Clovis Ramiro Jucá Neto

Possui graduação em Arquitetura E Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1986), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (1992), doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2007) com sanduiche na Universidade do Porto (2004 – 2005). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em História da Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: história da urbanização e do urbanismo do Ceará no século XVIII e XIX, arquitetura urbana e rural do Ceará século XVIII e XIX e arquitetura moderna de Fortaleza.

 

Daniel Ribeiro Cardoso

Professor e pesquisador do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará, lotado na área Percepção e Representação. Doutor em Semiótica pela PUC de São Paulo onde desenvolveu pesquisa em processos de emergência da forma na arquitetura. Seus interesses acadêmicos incluem processos contemporâneos de projeto no Design, Arquitetura e no Urbanismo, bem como Modelagem da Informação na Construção. Coordenou e orientou pesquisa de fomento FUNCAP, designada Imagem Espaço / Imagem Objeto, que englobando a aplicação de ferramentas e teorias computacionais aplicadas à arquitetura. Atualmente participa das pesquisas: TICHIS Tecnologia da Informação e Comunicação Aplicadas à Construção de Habitações de Interesse Social (FINEP) na temática Processos paramétricos de projeto em ferramenta BIM para HIS; e a pesquisa Análise do programa Minha Casa Minha VIda na Região Metropolitana de Fortaleza (CNPq); Laboratório de experimentação da Representação de Projeto (CNPq). Coordenou o Congresso da SIGradi 2012 (Sociedad Iberoamericana de Grafica Digital) e é editor da IJAC (The International Journal of Architectural Computing) 2013.

 

Jose Almir Farias Filho

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília FAU/UnB (1981), mestrado em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro FAU/UFRJ (1997), DEA Le Projet Architectural et Urbain pela Ecole dArchitecture de Paris-Belleville (1999), doutorado em Le Projet Architectural et Urbain pela Université de Paris VIII (2003) e pós-doutorado em Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012). Atualmente é professor associado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo e do Mestrado de Avaliação de Políticas Públicas da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Urbanismo, com ênfase em Planejamento e Projeto do Espaço Urbano e Avaliação de Políticas Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura urbanística, projeto urbano, políticas urbanas, planejamento urbano, morfo-tipologia dos espaços construídos, teoria e estética da arquitetura e urbanismo.

 

Jose Clewton do Nascimento (Colaborador)

Possui mestrado em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2002) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2008). Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (DARQ-UFRN), área de Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo.. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em CONSERVAÇAO E RESTAURO, atuando principalmente nos seguintes temas: politica de preservaçao, sertão, patrimonio cultural, lugar e imagem.

 

Linda Maria Pontes Gondim

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Ceará (1972), mestre em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1976) e doutora em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade de Cornell (1986). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Ceará, vinculada ao Curso de Graduação em Ciências Sociais e ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Coordena o Laboratório de Estudos da Cidade e tem experiência nas áreas de Planejamento Urbano e Regional, Sociologia Urbana e Sociologia do Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais urbanos, participacao popular, habitação e planos diretores. Outra área de seu interesse é metodologia de pesquisa.

 

Luis Renato Bezerra Pequeno

Graduado em Arquitetura e Urbanismo FAU-USP (1991), mestre em Planejamento de Infraestruturas – Universitaet Stuttgart / DAAD (1995), doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2002) e pós-doutor pela PUC-SP (2008). Professor Associado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo (UFC), do Programa de Pós-Graduação em Geografia (UFC). Pesquisador nas áreas do planejamento e política urbana e habitacional. Integra as redes Observatório das Metrópoles e de Pesquisadores sobre Cidades Médias e toma parte dos grupos de pesquisa: GLOBAU (Globalização, Agricultura e Urbanização) e Estudos Urbano-regionais. Coordena o Laboratório de Estudos da Habitação – LEHAB.

 

Paulo Jorge Alcobia Simões (Colaborador)

Possui graduação em Design de Comunicação pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa(1989), mestrado em Ciências Empresariais, especialização em Gestão es pela INDEG-IUL ISCTE(1995) e doutorado em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa(2012). Atualmente é Adjunto A da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Design de Comunicação.

 

Ricardo Alexandre Paiva

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2005) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2011) com a tese “A Metrópole Híbrida: o papel do turismo no processo de urbanização da Região Metropolitana de Fortaleza”. É Professor Adjunto do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Design da UFC – PPGAU+D-UFC. Coordena o LoCAU (Laboratório de Crítica em Arquitetura, Urbanismo e Urbanização) do DAU-UFC. É pesquisador do LABCOM (Laboratório de Comércio e Cidade) da FAUUSP. Entre outras publicações, é organizador e autor de capítulos do/no livro Turismo, Arquitetura e Cidade e Megaeventos e Intervenções Urbanas, publicados pela Editora Manole em 2016 e 2017, respectivamente. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Projeto Arquitetônico e Urbano e Teoria, História e Crítica da Arquitetura e do Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: projeto, crítica da arquitetura e urbanismo moderno e contemporâneo, turismo, urbanização, arquitetura, cidade e megaeventos.

 

Ricardo Figueiredo Bezerra

Possui mestrado em Landscape Architecture – University of Arizona (1986) e doutorado em Urban Planning – University of Nottingham (1999). Atualmente é professor associado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Arquitetura Paisagística e Projeto Urbanístico, com ênfase em planejamento e projeto de espaços públicos e áreas de lazer. Desenvolve, atualmente, pesquisas em História do Paisagismo no Ceará – com ênfase na obra de Burle Marx em Fortaleza – e sobre o uso do Xeriscape no semiárido nordestino.

 

Romeu Duarte Junior

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pelo Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará-UFC em 1985. Possui mestrado (2005) e doutorado (2012) em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. É Professor Adjunto Nível 1 do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFC, onde ensina desde 1991 e orienta trabalhos finais de graduação. Tem experiência nas áreas de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em História da Arquitetura e do Urbanismo, Teoria de Arquitetura e Urbanismo, Projeto de Arquitetura e Urbanismo e Patrimônio Cultural Edificado. Atuou como titular da Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Ceará – IPHAN/CE (1997-2008); Presidente do Departamento do Ceará do Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB/CE (1992 – 1993 e de janeiro a maio de 1994); Presidente da Direção Nacional do IAB (1994 – 1996), tendo por isso merecido o título de Conselheiro Vitalício do IAB; Diretor da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura – ABEA (1996 – 1998); Delegado do Brasil no Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa – CIALP (1994 – 2003); Coordenador do CAU/UFC (1994 – 1995); Coordenador da Câmara Especializada de Arquitetura do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Ceará (1997 – 1999); Membro do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (2001 – 2008); Membro do Conselho Estadual de Turismo (1998 – 2008); Membro do Conselho Estadual de Cultura (2003 – 2008); Membro do Conselho da Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará (desde 2007); e representante do IAB na Comissão Nacional de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura CNIC/MinC (membro titular) (2011 – 2012). Atualmente, é representante titular da UFC na Comissão Permanente de Avaliação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano do Município de Fortaleza e representante suplente da UFC no Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural de Fortaleza, bem como membro da diretoria do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Ceará. Detém a comenda "Insígnia de Ouro" do Colégio Oficial de Arquitetos de Madrid, Espanha. Atualmente exerce o cargo de Chefe do Departamento de Arquitetura e Urbanismo do Centro de Tecnologia da UFC, bem como compõe o grupo de consultores de urbanismo e mobilidade do projeto Fortaleza 2040 (Prefeitura Municipal de Fortaleza/Universidade Federal do Ceará). É também compositor, escritor e cronista.

 

Zilsa Maria Pinto Santiago

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1980), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2005) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2011). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Acessibilidade e Desenho Universal, atuando principalmente nos seguintes temas: acessibilidade ao meio físico, desenho universal,avaliação pós-ocupação e história da educação. Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do Ceará. Membro do GT da Secretaria de Acessibilidade UFC Inclui.